domingo, 13 de abril de 2014

Mãe Profissional ou Dona de casa?!?


Oi meninas!!!!

Hoje vou falar sobre um assunto que me preocupou muito durante toda a gravidez, e até bem pouco atrás, mas que graças a Deus foi resolvido!

Após toda a euforia da noticia da gravidez, quando os ânimos esfriam  e voltamos a pensar um pouco com a razão (se é que é possível...rs), a primeira coisa que me veio em mente foi...

E depois que a licença maternidade acabar?!?

Infelizmente minha mãe mora no interior de SP e tenho um irmãozinho (coisa mais fofa) de 9 anos que vai pra escola, logo minha mãe não poderia ficar com o Paulinho, e minha sogra trabalha bastante, logo não teria ninguém de confiança pra deixá-lo, então, hipóteses descartadas....vamos aos berçários! RÁ...outro problemão!!!

Eu precisei sair de férias antes da licença (precisava do dindin), logo teria somente 4 meses de licença, e aí começou meu tormento:

Gente como é difícil achar berçários que aceitem bebes de 4 meses, geralmente é a partir de 6, fora isso vamos aos valores.....O berçário mais barato que achei foi R$ 1.090,00 OI?!? Gente é mais caro do que pago na faculdade!!  Fora que o pequeno não mama no peito, ou seja gastamos em média R$ 85,00 por semana de leite,isso porque ele tem quase 2 meses (imagina com 4), e eu teria que levar o leite e a fralda!!!!! 

Ou seja, se fosse colocar tudo no papel eu ia acabar trabalhando pra pagar o berçário!!!
Então sentamos eu e o maridão sentamos e fizemos as contas e decidimos que eu ficaria em casa...porém, contudo, todavia, ele precisaria ganhar mais pra isso, pois meu salário ia fazer falta!! Mas......como pra Deus nada é impossível, ele deu uma forcinha...rsrs...e rolou!

Então minhas queridas ficarei em casa até o Paulinho fazer 1 ano, vocês não tem ideia do alivio pra minha cabeça e pro coração principalmente!

Hoje, dou muito valor as mães que trabalham fora e deixam seus pequeninos nas creches, pois mesmo sem passar efetivamente por isso, meu coração se apertava cada vez que pensava nisso, Parabéns, vocês são guerreiras e fontes de inspiração...mas isso é um assunto pra outro post!!

E vocês meninas....como fazem ou fizeram com seus pimpolhos...me contem suas histórias!!!!


Beijos

4 comentários:

Iolanda Lopes disse...

Vanessa, minha pequena tem 5 anos, e embora não tenha sido planejado parar de trabalhar para cuidar dela, aconteceu, e hoje acredito que foi muito importante, ter tido a oportunidade de cuidar pessoalmente da minha filha.
Todo ano penso em voltar a trabalhar fora, e todo ano me decido por continuar cuidando dela.
Por último pensei que seria até quando ela não precisasse mais da cadeirinha de auto, e assim ter mais segurança nos transportes escolares, que infelizmente, não são obrigados a manter as cadeirinhas e assentos para crianças.
Mas fico olhando os motoristas com o carro cheio de crianças, parando em lugares proibidos, e correndo, por causa do horário, e estou começando a amadurecer a ideia de esperar ela aprender a dirigir. rs
Não é fácil a cobrança existe, é necessário abrir mão de algumas coisas, mas tenho certeza que estou fazendo a escolha certa, priorizando o mais importante, que é a educação da minha filha.
Um dia abençoado

http://feitocomcarinhodemae.blogspot.com

luciana lucio disse...

Então Vanessa em primeiro lugar adoro seu blog viu....to sempre acompanhando as suas aventuras....rsrsr enfim quando tive minha primeira filha trabalha em uma empresa privada, quando venceu os 5 meses de licença + férias eu voltei e deixei minha filha com uma vizinha, quando cheguei em casa ela estava tão empolada por conta de um mosquito que ela não conseguia abrir os olhos fui parar no pronto socorro para dar um anti alérgico pra ela ( foi uma correira) a partir dai resolvi parar de trabalhar.( ai começou o meu tormento pq o pai dela disse que eu morreria de fome se eu parasse de trabalhar pq ele não tinha obrigação de sustentar nós 2...enfim) parei de trabalhar e não me arrependo em nada tanto que eu havia feito um concurso aki na minha cidade e há muito tempo e nem lembrava mais...passaram se os meses e quando ela estava com 8 meses de vida ( lembrando que eu sai do emprego ela estava com 5) a prefeitura de vitoria ( capital do es) me convocou e eu fui trabalhar aonde???? justamente em uma creche onde conversei com a diretora e pude leva-la comigo hj ela está com 4 anos e eu tenho um menino de 2 meses que irá comigo tmbm quando voltar a trabalhar pq eu tenho direito a 6 meses de licença pela prefeitura...obrigado pela oportunidade de desabafar...beijos no gatinho....

Vanessa Bastos disse...

Oi Luciana, tudo bem?

Em primeiro lugar muito obrigada por acompanhar meu blog (sempre acho que ninguém le essa bagaça...rsrsrs)...
Poxa que legal que é o pai da sua filha hein...rsrs...
Que bom que deu tudo certo, não tem jeito meu bem, Deus reserva cada coisa pra nós que nem imaginamos!

Bjo no gatinho dado, beijos nos seus filhotes!

luciana lucio disse...

Atah inclusive esqueci de mencionar que meu segundo filho é fruto do meu segundo casamento ao qual sou muito feliz...(nem precisa dizer que o primeiro não du certo neh...rsrsrs)